Notícias da Mídia


A rotina dos cuidados pessoais através das gerações

A demanda por produtos cosméticos está cada vez mais deixando o conceito ‘adequado para mim’ e adentrando o ‘feito para mim’ em relação ao nível de personalização dos produtos. Ao mesmo tempo, as expectativas dos consumidores para obter uma aparência jovem e saudável continua forte –e diferenciada –nas diversas faixas etárias. Segundo uma pesquisa realizada pela Euromonitor International, a rotina de beleza dos consumidores muda ao longo do tempo.

No tratamento capilar, por exemplo, soluções de reparação aos danos e produtos anti-caspa são os itens mais buscados pela população jovem, mas deixam de ser prioridade depois dos 35 anos. Os consumidores mais velhos, por sua vez, passam a se preocupar com o couro cabeludo e com a queda de cabelo.

A analista de Beleza & Cuidados Pessoais da Euromonitor International, Ildiko Szalai, afirma que, além da idade, o sexo e a localidade do consumidor são fatores que também influenciam o uso dos cosméticos. “Entre os homens, em torno de 80% dos jovens entre 15-29 anos no México e na Coréia do Sul usam shampoo diariamente, enquanto somente 35% do mesmo grupo usa o produto nos mercados europeus,” exemplifica Ildiko.

Segundo Szalai, a indústria de produtos capilares está cada vez mais inovadora para atender as necessidades e preocupações específicas de um grupo de consumidor. “Cuidados com a queda de cabelo continua a ser uma área com potencial a ser explorado. Por exemplo, 1 em cada 5 homens entre 45 e 49 anos reportam ter preocupações com a queda do cabelo. As mulheres, embora reportem uma preocupação menor, são mais consistentes com o uso dos produtos para resolver o problema”, finaliza Szalai.

Saiba mais: Euromonitor International

Fonte: Apex-Brasil