Notícias da Mídia


Protetor solar: a importância da prevenção

Publicado em: 01.12.2017

As férias de final do ano estão chegando e os dias programados de calor, praia e piscina estão por vir. E você, já providenciou o seu protetor solar? Sabe dos danos que os raios solares causam à saúde? De acordo com o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), em algumas regiões do Brasil a incidência de raios ultravioleta (UV) chega a dobrar nos meses de verão. “Recebemos índices extremos de radiação. Por estarmos em uma localização tropical, podemos ter incidência maior que a de lugares como o deserto do Saara”, diz Simone Sievert, pesquisadora do INPE.

A função do protetor solar vem do próprio nome: proteger a sua saúde e prevenir que a exposição solar não cause doenças graves. De acordo com INCA (Instituto Nacional de Câncer), em 2016 tiveram cerca de 175.760 novos casos de câncer de pele no Brasil, sendo 80.850 homens e 94.910 mulheres.

Segundo o Instituto, o câncer de pele não melanoma é mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país.  Pesquisas realizadas pelo mundo já comprovaram que o uso constante do Protetor Solar diminui o risco de desenvolver a doença. Dentre os diversos trabalhos publicados, o Journal of Clinical Oncology constatou uma redução de até 73% na incidência de melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele, em pessoas que utilizam o produto regularmente.