Notícias da Mídia


Marcas brasileiras mostram produtos de beleza em Dubai

Publicado em: 08.05.2018

Um grupo com 42 empresas brasileiras vai expor produtos de higiene, perfumaria e cosméticos na Beautyworld Middle East, feira do segmento que ocorre entre 8 e 10 de maio, em Dubai nos Emirados. Elas vão mostrar desde produtos para cabelos até artigos de cuidados pessoais, cutelaria, esmaltes e acessórios.

As participantes vão à feira por meio do projeto de promoção de exportações do segmento, o Beautycare Brazil, que é levado adiante pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Assim como no ano passado, a Câmara de Comércio Árabe Brasileira será parceira das entidades para levar até o espaço brasileiro na feira influenciadores e blogueiros da área de beleza de Dubai. Eles circularão pelos estandes, conversarão com os representantes das marcas expositoras e conhecerão os produtos.

“A população jovem está crescendo muito no mundo árabe e está conectada às redes sociais”, afirma o executivo de Negócios Internacionais da Câmara Árabe, Rafael Solimeo. De acordo com ele, os influenciadores convidados publicam em canais como Instagram, Facebook e blogs, e têm seguidores em todo o Oriente Médio.

O número de companhias presentes pelo Beautycare Brazil neste ano na feira de Dubai é superior ao da edição de 2017, de acordo com informações dadas à ANBA pela gerente do projeto, Gueisa Silvério. No ano passado, participaram 39 empresas.

Entre os produtos que serão apresentados pelos brasileiros na feira, há vários voltados para cabelos. De acordo com Gueisa Silvério, o Brasil tem reconhecimento internacional em inovação e tecnologia em produtos capilares. A própria miscigenação do País impulsionou essa indústria, que atualmente também é exportadora.

O presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, cita a complementaridade do Brasil e países árabes no segmento, já que o Brasil é um produtor extremamente importante de cosméticos e os países árabes têm um mercado muito bom para o setor. Ele lembra que o Brasil fabrica, inclusive, cosméticos halal.

Hannun afirma que a parceria para ação junto aos influenciadores digitais foi novamente realizada neste ano já que deu resultado “magnífico” em 2017. “Estamos com o produto adequado, com a ação adequada na linguagem adequada e no mercado adequado”, disse ele para a ANBA.

No pavilhão brasileiro, além do espaço de exposição de cada empresa, haverá local para demonstração técnica de produtos.

As marcas brasileiras que participarão da Beautyworld serão Agile Cosméticos, Amend, Bel Col, Beox Professional, Bijoux de Pele, Bionat Cosméticos, Brazil Cosmetics, Brazilian Kimberlite Clay, BHS, Clorofitum Cosméticos, De Sirius Cosmeticos, Ecosmetics Salon, Embelleze, Extremelly Cosmetics, Fashion Cosmetics, Fina Flor, Fit Cosméticos, Floractive, Gnano, Haskell Cosmética Natural e Honma Tokyo.

Também fazem parte do grupo de expositores brasileiros Ideal Cosméticos, Kostume Beauty From Brazil, Larree Cosmetiques, Mac Paul, Maxibrasil Cosméticas, Mediterrani Professional, Mundial, Nazca Cosméticos, NG de France, Prolab Cosmetics, Result Cosmetics, Samba Brazilian, Secrets Professional, Soralli Cosmetics, Star Cosmetics International, Sther Cosméticos, Sweet Professional, Sweeteez, Tech Line, Vita Gold e Yamá Cosméticos.

As expectativas para a feira são positivas. “O Oriente Médio e o Norte da África têm muita receptividade aos produtos brasileiros”, afirma Silvério. Entre as empresas participantes há várias que já possuem distribuidores locais, mas querem ampliar a presença e entrar em novos mercados. Segundo a gerente, a expectativa é alta porque essa é a principal feira do segmento na região.

No ano passado, o Brasil teve receita de US$ 646 milhões com exportações do segmento, com alta de 4,5% sobre o ano anterior, segundo números divulgado pela assessoria de imprensa da Abihpec.

Fonte: 2A+ Cosmética