Notícias da Mídia


São José lança campanha de educação ambiental para reciclagem do lixo

Publicado em: 21.06.2018

A prefeitura de São José está iniciando uma campanha de educação ambiental para ampliar o serviço de reciclagem de lixo no município. Trata-se do Programa “Dê a mão para o Futuro” da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) que, em São José, conta com a parceria da Fundação Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (FMADS) e da Associação de Catadores.

A campanha terá duração de nove semanas, que serão divididas entre 2018 a 2020. Neste ano, programa ocorrerá entre os dias 18 e 22 de junho, 15 e 19 de outubro e de 5 a 9 de novembro. As ações serão realizadas sempre de segunda a sexta, das 8h às 17h, quando uma equipe percorrerá os bairros da cidade para realizar um trabalho de conscientização e distribuir material explicativo aos moradores.

O programa atende as questões ambientais de responsabilidade compartilhada e inclusão social, além de promover a capacitação e acompanhamento técnico dos empreendimentos de catadores. O objetivo é aumentar o volume de materiais recicláveis, diminuir o percentual de rejeito gerado nos empreendimentos e conscientizar a população sobre a importância da destinação correta dos materiais.

“É fundamental que as pessoas entendam os riscos do mau uso dos recursos naturais e contribuam com a preservação do meio ambiente, por isso a Fundação Municipal do Meio Ambiente tem procurado utilizar mecanismos que gerem uma consciência coletiva da vulnerabilidade dos recursos naturais para despertar o respeito com a vida do nosso planeta”,explica a superintendente da FMADS, Fernanda Vieira Diniz Farias.

Para a superintendente, a campanha será uma aliada para alertar a sociedade de que as matas, mares e rios não serão capazes de se reciclarem infinitamente. “Bastam pequenas ações como a separação e a destinação correta dos resíduos recicláveis para evitar riscos a atual e futura gerações”, complementa Fernanda, lembrando que a ação também contribuirá com a geração de trabalho e renda para as pessoas que vivem da reciclagem.

Como será realizada?

A campanha será realizada porta-a-porta e seguirá o roteiro da coleta seletiva municipal em dias e horáriospreestabelecidos. Haverá distribuição de folhetos e ímãs, orientando e estimulando a população quanto à correta separação e acondicionamento dos resíduos em: recicláveis e não recicláveis destinados à coleta seletiva.

O que pode ser reciclado

Papéis Recicláveis

• Jornais

• Envelopes

• Sacos de papel

• Embalagens longa vida

• Revistas

• Impressos em geral

• Papeis brancos, mistos, cartão e de escritórios

• Papelões

• Fotocópia

 

Plásticos Recicláveis

• Embalagens de produtos alimentícios

• Embalagens de produtos de beleza e limpeza

• Tampas

• Brinquedos

• Peças plásticas

• Tubos e cabos de PVC

• Sacos e sacolas

• Copos e vasilhas plásticas

• Embalagens de refrigerante

• CD&39;s

 

Vidros Recicláveis

• Embalagens de produtos alimentícios

• Frascos de produtos de beleza

• Copos

• Frascos de remédio vazios

• Jarras

• Garrafas em geral

• Vidro colorido

 

Metais Recicláveis

• Latas de bebidas e alimentos

• Bacias e baldes

• Panela sem cabo

• Latas de produtos e limpeza

• Grampos

• Fios elétricos

• Chapas

• Embalagens marmitex

• Pregos, parafusos e arames

• Objetos de alumínio, ferro, cobre e aço

• Latas de tintas com filmes secos

Fonte: Jornal Floripa