Comunicados


Balança Comercial do setor de HPPC registrou superávit de US$7,1 milhões em abril

Publicado em: 25.05.2018

A Balança Comercial do mercado brasileiro de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) registrou em abril de 2018, superávit de US$ 7,1 milhões, resultado superior ao registrado no mesmo período do ano passado (US$ – 2,8 milhões).

As exportações alcançaram US$ 64,1 milhões, aumento de 32,6% em relação ao mesmo período de 2017 (US$ 48,3 milhões); e as importações totalizaram em US$ 57,0 milhões, apresentando elevação de 11,5% em comparação a abril do ano anterior (US$ 51,1 milhões). A corrente de comércio atingiu US$ 121,1 milhões, aumento de 21,8% ante o ano anterior (US$ 99,4 milhões).

As principais categorias exportadas em abril de 2018 foram: produtos para cabelos (US$ 13,0 milhões), sabonetes (US$ 11,4 milhões) e preparações e lâminas para barbear (US$ 11,2 milhões). No mesmo período, os itens de destaque na importação foram: cremes para pele, protetores e bronzeadores (US$ 12,1 milhões), desodorantes (US$ 10,6 milhões) e produtos de higiene oral (US$ 7,0 milhões).

Janeiro-Abril de 2018

No acumulado de janeiro-abril de 2018, as exportações do setor de HPPC alcançaram o valor de US$ 238,2 milhões, aumento de 19,8% em relação ao mesmo período de 2017 (US$ 198,8 milhões). Em importações, o valor total foi de US$ 228,8 milhões, elevação de 9,6% em comparação ao período de janeiro a abril do ano anterior (US$ 208,7 milhões).

A corrente de comércio de janeiro a abril de 2018 alcançou a cifra de US$ 467,0 milhões, representando aumento de 14,6%, sobre o mesmo período do ano anterior, quando totalizou US$ 407,5.

O saldo comercial obteve superávit de US$ 9,4 milhões, aumento de 206,4% em relação ao saldo registrado no primeiro quadrimestre de 2017 (US$ – 10,0 milhões). No acumulado de doze meses (maio 2017-abril 2018), as exportações somaram US$ 685 milhões e as importações US$ 773 milhões.

O saldo comercial em doze meses, registrou déficit de US$ 88 milhões, valor inferior 10,2% ao alcançado no período anterior (abril 2017/março 2018), em que o valor negativo atingiu US$ 98 milhões.