Comunicados


Indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos tem alta de 4,3% na geração de empregos

Publicado em: 15.05.2019

Setor totaliza 5,4 milhões de oportunidades de trabalho; Sudeste e Sul são as regiões com maior concentração

O setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPPC) registrou crescimento da empregabilidade na indústria pelo segundo ano consecutivo. De acordo com a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), em 2018 foram gerados 125,7 mil empregos, uma alta de 4,3% na comparação com 2017, quando foi registrada a criação de 120,5 mil vagas.

Considerando indústria, franquias, salões de beleza e consultores de venda direta, o setor de HPPC totalizou 5,4 milhões de oportunidades de trabalho criadas em 2018, 1% a mais do que em 2017 (5,3 milhões).

“Os resultados verificados mostram uma performance diferenciada na comparação com outros setores da economia, mesmo com a tendência da robotização”, afirma João Carlos Basilio, presidente-executivo da ABIHPEC.

Basilio ainda destaca que, em 2018, o número de empresas de HPPC teve crescimento de 2,8%, totalizando 2.794 organizações. A região onde há mais concentração é o Sudeste, onde estão 1.685 delas, seguida por Sul (550), Nordeste (307), Centro-Oeste (197) e Norte (55).