Comunicados


Um breve cenário do mercado de perfumes brasileiro

Publicado em: 25.07.2019

O Caderno de Tendências 2019-2020 da ABIHPEC, produzido em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), traz um capítulo inteiro dedicado à Perfumaria no Brasil.

Os perfumes fazem parte da cultura do Brasil. De acordo com os dados do Kantar Worldpanel, de cada dez brasileiros, seis usam esses itens. E essa porcentagem é ainda maior nas Regiões Norte e Nordeste, com quase 80% de penetração.

Como consequência disso, esse mercado no Brasil é o segundo maior do mundo, segundo levantamento da Euromonitor International. Em 2017, o país movimentou R$ 23 bilhões, o que representa um crescimento de 11,7% em relação ao ano anterior.

Apesar da crise econômica dos últimos anos, este segmento manteve bons resultados graças ao alto número de lançamentos, bem como descontos e promoções em larga escala, de acordo com o Segmenta Research Institute. Neste cenário, criou-se a oportunidade para as marcas mais populares, que cada vez mais crescem e ocupam espaço no varejo com perfumes cujos preços variam de R$ 50 a R$ 100.

Confira outras tendências sobre este mercado na publicação.