Notícias da Mídia


Dia dos Namorados deve ter vendas até 25% maiores

Publicado em: 12.06.2019

Mesmo com a perspectiva do consumidor de gastar menos com o presente para o Dia dos Namorados, o comércio da região está otimista para a data e projeta crescimento nas vendas de até 25%. O valor médio da compra para presentear na data neste ano, celebrada hoje, será de R$ 161, queda de 12% em relação ao ano passado (R$ 174).

Os dados são da PIC (Pesquisa de Intenção de Compra), da Universidade Metodista de São Paulo, que mostram que a movimentação financeira por causa da data também sofrerá queda, de 12%, neste ano, somando R$ 66,6 milhões. “Considerando as atuais conjunturas econômica e política e a revisão contínua do PIB (Produto Interno Bruto) para baixo, este Dia dos Namorados terá queda significativa, pois reverte tendência de recuperação ao longo do biênio 2017-2018”, afirmou o pesquisador do Observatório Econômico da Metodista Moisés Pais dos Santos.

Levantamento feito com base em 630 questionários direcionados a consumidores das sete cidades também mostrou que o vestuário será a escolha de 39% dos que irão presentear, seguido por perfumes e cosméticos, com 17%. Os entrevistados também apontaram que deverão presentear em primeiro lugar o namorado (31%), seguido da namorada (22%) e do marido (21%).

Apesar da perspectiva, para o vice-presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo), Valter Moura Júnior, o comerciante aposta na quantidade de vendas. “Cai um pouco o tíquete médio sim, mas as compras aumentam porque neste tipo de data não se deixa de presentear, isso já é cultural. Os cenários político e econômico instáveis geram um pouco de dúvida e retração, mas as compras não deixam de ser feitas”, pontuou ele, ao destacar que as lojas estão focadas em promoções. A expectativa do comércio da cidade é vender 8% a mais.

Já em Santo André, o otimismo é menor, com a perspectiva de crescer entre 3% e 5%. De acordo com o presidente da Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André), Pedro Cia Júnior, o Dia das Mães registrou o mesmo volume de vendas de 2018. “Como esta não é uma data tão forte, e caiu um pouco a confiança do consumidor, não estamos tão otimistas.”

COMPLEXOS DE COMPRAS – Os shoppings são os estabelecimentos preferidos pela maioria dos consumidores para fazer as compras na data (50%). Em Santo André, o Grand Plaza Shopping tem expectativa de aumento nas vendas de 5%, comparado com o mesmo período do ano passado. “Além de facilitarmos a escolha do presente por meio da oferta de mix de lojas moderno e diversificado, acreditamos na atratividade da ação promocional devido ao perfil interessante das premiações”, afirmou a gerente de marketing Fernanda Alvarez.

O Atrium Shopping estima crescimento de 25% em vendas e 15% em fluxo. O Shopping ABC espera aumento de fluxo de 20% e de vendas de 15%.

Em São Bernardo, o Golden Square Shopping deve ter acréscimo de 7% nas vendas e 5% na movimentação. O Shopping Metrópole afirmou que está otimista para a data diante dos números do setor, já que a Abrasce (Associação Brasileira dos Shoppings Centers) divulgou expectativa de ampliar em 6% as vendas. O São Bernardo Plaza Shopping também afirmou que está otimista, mas não forneceu percentual.

O gerente de marketing do Shopping Praça da Moça, de Diadema, Daniel Lima, destacou que o empreendimento está com melhor expectativa. “No fim de semana já tivemos bom fluxo. Para o Dia dos Namorados, esperamos aumento de 9% na movimentação e de 8,5% nas vendas.”

Fonte: Diário do Grande ABC