Notícias da Mídia


Faturamento da pré-Black Friday com vendas on-line, nesta 5ª feira, foi de R$ 435,4 milhões

Publicado em: 23.11.2018

As vendas da pré-Black Friday, nesta quinta-feira, dia 22, resultaram num recorde de faturamento em relação ao ano passado. Segundo a empresa análise de dados Ebit|Nielsen, em apenas um hora, das 19h às 20h (horário de pico), o faturamento do e-commerce chegou a R$ 435,4 milhões. Esse volume de recursos superou o registrado em 24 horas da mesma quinta-feira de 2017 (R$ 428,5 milhões).

Ao comparar o movimento de toda a quinta-feira entre 2017 e 2018, o levantamento constatou que ofaturamento total da pré-Black Friday deste ano foi de R$ 608,7 milhões, contra os R$ 428,5 milhões do ano passado. Isso representa uma alta de 42%.

Ao todo, foram feitos 1,18 milhões de pedidos, com crescimento de 33% em relação ao total registrado no ano passado. O tíquete médio de gasto do brasileiro ao longo desta quinta-feira chegou a R$ 515 (alta de 6%). Mas o pico de gasto médio foi de R$ 638, registrado às 22h.

O levantamento considerou, também, os resultados obtidos durante toda a quinta-feira e as primeiras sete horas desta sexta-feira (dia oficial da grande liquidação). Segundo os dados obtidos, o faturamento do e-commerce no período foi equivalente a 44% (R$ 992,4 milhões) do que foi registrado durante toda a Black Friday do ano passado (quando as vendas registradas nos dois dias inteiros atingiram a marca de R$ 2,1 bilhões).

“Os resultados parciais são muito animadores, mas ainda tem um longo caminho a percorrer para bater o número do ano passado. A nossa expectativa é de crescimento 15% na Black Friday deste ano. Neste ritmo, a previsão é que o pico de pedidos deva ser atingido hoje até às 15h”, informou Ana Szasz, líder comercial para Ebit|Nielsen, em nota.

Gasto médio nesta sexta-feira

Segundo dados da Ebit|Nielsen, nas primeiras sete horas desta sexta-feira, o tíquete médio de gastos na Black Friday ficou acima de R$ 770.

A maior procura dos que utilizaram o celular para fazer compras ocorreu das 6h às 7h, com consultas feitas, possivelmente, a caminho do trabalho ou no iníicio do expediente.

Os mais vendidos

Em termos de valor gasto, os campeões de vendas on-line são:

Eletrodomésticos (24,5%)
Telefonia/celulares (19,9%)
Eletrônicos (11,1%)
Informática (9,3%)
Casa e decoração (7,8%)
Perfumaria e cosméticos/saúde (6%)
Moda e acessórios (3,1%)
Esporte e lazer (2,7%)
Pet shop (1,8%)
Alimentos e bebidas (1,7%)
Acessórios automotivos (1,7%)

Quando se considera o número de pedidos, os campeões são:

Perfumaria e cosméticos/saúde (16,5%)
Eletrodomésticos (13,4%)
Casa e decoração (9%)
Livros, assinaturas de revistas e apostilas (8,2%)
Moda e acessórios (7,9%)
Esporte e lazer (6,8%)
Telefonia/celulares (6,7%)
Informática (5,3%)
Pet shop (5,1%)
Eletrônicos (4,4%)
Alimentos e bebidas (3,4%)

Fonte: Extra