Releases


ABIHPEC, Cetesb e Secretaria do Meio Ambiente renovam Compromisso para a Logística Reversa de Embalagens

Publicado em: 17.10.2018

Nesta segunda-feira, 15/10, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), como coordenadora do Programa Dê a Mão para o Futuro – Reciclagem, Trabalho e Renda (DAMF), assinou junto à Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) o “Termo de Compromisso para a Logística Reversa de Embalagens em Geral”. Realizado em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza (ABIPLA), e a Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), o DAMF é uma alternativa viável para empresas aderentes no gerenciamento de embalagens pós-consumo.

A assinatura do Termo demonstra o atendimento pelas empresas aderentes das suas obrigações legais em cumprimento à Decisão de Diretoria da Cetesb nº 076/2018, que estabelece que a emissão ou renovação do licenciamento ambiental é condicionada à demonstração da estruturação e implementação de sistema de logística reversa.

Para João Carlos Basilio, presidente executivo da ABIHPEC, é valioso para o setor ter um projeto ambiental economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente correto e que se preocupa com a conscientização da população. “Além disso, é uma forma de colaborarmos com a melhoria do panorama nacional em relação à correta destinação de resíduos sólidos urbanos, ajudando a reduzir o volume de materiais recicláveis que seriam destinados aos aterros”, afirma.

Carlos Roberto dos Santos, diretor presidente da Cetesb, destaca a importância desta iniciativa por parte do setor industrial em garantir um menor volume de materiais que poderiam ser reciclados e que acabam chegando aos aterros sanitários. “Com isso, temos menor quantidade de resíduos, possibilitando que se tornem matéria-prima, voltando para o sistema.”

A parceria com o setor é importante não só pela logística reversa, conforme ressaltou Marcelo Elias, secretário adjunto de Estado do Meio Ambiente de São Paulo. “Esse trabalho é fundamental para a conservação da natureza, mas é também um exemplo para o setor produtivo quanto à viabilidade do negócio. Esperamos que outras oportunidades possam surgir daqui pra frente e que essa parceria profícua se estenda de maneira cada vez mais produtiva.”

Sobre o Programa Dê a Mão para o Futuro:

O Programa Dê a Mão para o Futuro – Reciclagem, Trabalho e Renda foi desenvolvido pela ABIHPEC em 2006 como uma alternativa viável para suas associadas no gerenciamento de resíduos sólidos pós-consumo. O programa nasceu com o propósito de criar oportunidades de trabalho, desenvolver e gerar mais renda aqueles que vivem da reciclagem de resíduos, além de contribuir com o meio ambiente, reduzindo os resíduos que seriam encaminhados para o aterro.

Atualmente, as ações são realizadas em 13 Estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Goiás, Amazonas, Ceará, Rio Grande do Norte, Pará e Bahia) e está em processo de expansão para o Maranhão.

A iniciativa é coordenada pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza (ABIPLA), e a Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI).

 

Mais informações: www.maoparaofuturo.org.br