Programa de logística reversa pioneiro no Brasil ganha novo nome: Mãos Pro Futuro

Programa de logística reversa pioneiro no Brasil ganha novo nome: Mãos Pro Futuro

Programa foi selecionado por duas vezes pela Comissão Econômica para América Latina e o Caribe -CEPAL (ONU) como um exemplo de iniciativa sustentável pelos resultados alcançados

07 de fevereiro de 2023 – O programa pioneiro de logística reversa no Brasil, criado em 2006 pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) e conhecido como “Dê a Mão para o Futuro – Reciclagem, Trabalho e Renda, torna-se Mãos Pro Futuro. Em parceria com a ABIPLA e ABIMAPI, apresenta sua nova identidade visual e lança o Selo Mãos Pro Futuro.

O Mãos Pro Futuro traz uma identidade visual repaginada, com o objetivo de simplificar a comunicação e se aproximar ainda mais dos seus parceiros, entre eles catadores e catadoras de materiais recicláveis. A mudança traz novidades, como alteração do logotipo, novo vídeo institucional, site mais moderno e interativo e a criação de redes sociais proprietárias (instagram e facebook).

Outro ponto importantíssimo é o lançamento do Selo Mãos Pro Futuro, para que as empresas participantes possam informar ao público que recuperam as embalagens descartadas após o uso pelos consumidores, integrando um sistema coletivo de -logística reversa de embalagens pós-consumo.

“Além de auxiliar as empresas no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, no plano ambiental o programa estimula a reciclagem e no plano econômico fortalece e formaliza a cadeia de reciclagem, que hoje protagoniza um elo de suprimentos importante para uma transição eficiente em prol da Economia Circular. Já no plano social, valoriza e empodera os trabalhadores da reciclagem, a fim de que essa nova economia, além de prezar pela circularidade de nossos recursos, seja também mais inclusiva”, explica Rose Hernandes, diretora-executiva da ABIHPEC e coordenadora do programa.

Atualmente, no mínimo 22% (vinte e dois por cento) das embalagens dos produtos colocados no mercado, pelas empresas participantes do Mãos Pro Futuro, são recuperadas e encaminhadas para a reciclagem. Em 2021, o programa bateu recorde de recuperação, com 147.183 mil toneladas, marco que ultrapassa a meta de 22% da massa global de embalagens inseridas no mercado nacional.

Neste mesmo ano, por conta dos resultados alcançados, o programa também foi selecionado pela segunda vez como um exemplo de iniciativa sustentável pela Comissão Econômica para América Latina e o Caribe -CEPAL (ONU). Além disso, o modelo de gestão do Mãos Pro Futuro atende diretamente a 7 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da agenda das Nações Unidas para 2030.

Em 2021, o agora Mãos Pro Futuro foi realizado por meio de um conjunto de  179 cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis espalhadas de norte a sul do país. Mais de 6 mil cooperados, em 125 municípios, foram a força empreendedora que impulsionou a promoção da reciclagem e da circularidade inclusiva.  ‘São números que muito nos orgulham, um esforço da indústria para contribuir com uma cultura de sustentabilidade” comenta João Carlos Basilio- Presidente Executivo da ABIHPEC.

Ao longo de seus 17 anos de existência, o Mãos Pro Futuro tem fortalecido as cooperativas e associações participantes, com investimentos em infraestrutura, capacitação profissional, equipamentos, tais como: empilhadeiras, prensas, caminhões entre outros, pagamentos por tonelada recuperada e, ainda, ações de divulgação para engajamento da população para a correta separação e entrega dos recicláveis para a coleta seletiva.

São histórias como a de Silvana Delgado, da cooperativa que faz parte do programa Mãos Pro Futuro, a COOPERJUNQ do município de Junqueirópolis (SP), que conseguiu sustento para as três filhas por meio da coleta de recicláveis. “Antes trabalhava na zona rural, usinas de cana de açúcar e outros bicos como faxina, agora minha vida melhorou muito. Já reciclamos 70 toneladas de resíduos, evitando que fossem para o aterro. Eu consigo uma boa retirada mensal que me deixa tranquila”, conta a catadora que se formou em pedagogia, fez pós-graduação e sonha em dar aula.

Outra história que chama atenção por envolver toda uma família é a de Volmir Rodrigues dos Santos, de Santa Catarina. Ele começou a catar papel para seu sustento em 1999 e acabou trazendo toda a família do interior para Florianópolis, porque a coleta de recicláveis gerava mais renda do que a lavoura de erva mate. Acabou empreendendo ao fundar a ACMR – Associação de Coletores de Materiais Recicláveis, cooperativa que foi palco do projeto piloto do Mãos Pro Futuro em 2006 e segue fazendo parte do programa até hoje.

O modelo de trabalho, desenvolvimento e gestão do programa Mãos Pro Futuro garantiu uma evolução na renda média mensal dos catadores. Em 2020, 52% recebiam acima de um salário-mínimo mensal. Em 2021, esse índice subiu para 77%.

De 2013 a 2021, o programa somou um total de 802.500 toneladas de massa recuperada e encaminhada para reciclagem, fruto de um investimento total de mais de R$ 100 milhões.

Confira a nova identidade visual do programa  Mãos Pro Futuro

A nova identidade visual do Mãos Pro Futuro traz um design mais moderno e foi desenvolvida para dar ainda mais protagonismo para a essência do programa, simplificar a comunicação e torná-la ainda mais próxima dos seus parceiros.

Confira o novo site do Mãos pro Futuro no www.maosprofuturo.org.br  e nos siga nas redes sociais no Instagram e no Facebook, @maosprofuturo.

Sobre a ABIHPEC

A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) é uma entidade privada que tem como finalidade representar nacional e internacionalmente as indústrias desse setor, de todos os portes e instaladas em todo o país, promovendo e defendendo os seus legítimos interesses, por meio de ações e instrumentos que contribuam para o seu desenvolvimento, buscando fomentar a competitividade, a credibilidade, a ética e a evolução contínua de toda a cadeia produtiva.

Open chat
Como posso te ajudar?

Para entender o comportamento de compras durante o Dia dos Pais, a área de Inteligência de Mercado da ABIHPEC está conduzindo um mapeamento detalhado sobre comportamentos, tendências e preferências de presentes para essa data especial.

Participe! A pesquisa é rápida e simples, e todas as respostas são anônimas: